quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

PIOR DO QUE A FICÇÃO

Quando digo que quero me mudar para uma dimensão paralela, todo mundo ri na minha cara.
Mas, o que resta fazer quando o repertório das atrocidades cometidas pelos criminosos brasileiros parece não ter mais fim? Quando incendiar ônibus com pessoas dentro se torna corriqueiro?
Ainda estou passado com este crime, onde assaltantes arrastaram uma CRIANÇA de 6 anos por quinze minutos, não dando a mínima para o que estava acontecendo. Como dizem por aí, cadeia pra esse pessoal é pouco.
Minhas condolências a estes e todos os outros pais que perderam suas crianças pelas mãos da nossa bandidagem covarde e calhorda e das nossas autoridades incompetentes.

5 comentários:

  1. Vi isso ontem num noticiário da tv. Me causou uma revolta e um mau-estar que custará DIAS pra passar. Acho que nem quero que passe, porque um crime desses não pode ser esquecido.

    Parece que já pegaram esses animais (mediante denúncia, depois que as "autoridades" ofereceram uma recompensa de 4 mil reais). Espero que não soltem eles daqui a 2 semanas, que é o que se costuma fazer nesta Terra de Ninguém...

    ResponderExcluir
  2. Eu também, velho. Jovens ou não, sabiam muito bem o que estavam fazendo, e têm que pagar pelo que fizeram.

    ResponderExcluir
  3. (estou redundante, hoje)

    ResponderExcluir
  4. Donato11:06 AM

    A banalização do Mal é isso aí: absoluto desprezo pela vida humana.
    Já estamos a quase uma semana dessa tragédia horrenda, mas nunca é tarde para exprimir a revolta diante de um coisa como essa...

    ResponderExcluir
  5. Pois é, Donato, foda mesmo essa história. Eu sou pai e sempre fico mal quando vejo fico sabendo de casos como esse.

    ResponderExcluir